Como Chegar Em Maragogi Barra De Camaragibe 1

Como aproveitar Maragogi Alagoas

Maragogi é um verdadeiro tesouro no litoral de Alagoas. Os arrecifes que dominam a região provocam a formação de piscinas naturais claríssimas num mar de águas mornas.

Há anos, Maragogi ganhou o carinhoso apelido de Caribe brasileiro por causa da coloração azul de suas águas. E a homenagem é justa, embora essa coloração do mar varie bastante de acordo com a época.

Junte-se ao mar incrível de Maragogi os densos coqueirais e os peixinhos nas piscinas naturais, e pronto: você está num paraíso. 

O destino se popularizou bastante nas últimas décadas, mas Maragogi ainda é sossegada e não exibe aquela cena de guarda-sóis dominando a areia.  

Se você não estiver hospedado em um dos hotéis e resorts que já preparam atividades e passeios para os hóspedes é importante saber se organizar para aproveitar as experiências da região como ir de praia em praia, curtir as atividades aquáticas, provar a culinária típica da região e até comprar bolo de goma.  

Como se locomover entre as atrações de Maragogi

A forma como você vai aproveitar as atrações deste destino turístico depende de como você está preparado em termos de locomoção.

Como já mencionamos, se você estiver em um dos hotéis ou resorts que preparam passeios pela região, você já tem quase tudo resolvido e só precisa saber o que quer aproveitar. É quem nem sempre os passeios e atividades estão incluídos nas diárias, nem mesmo em resorts que oferecem sistema all-inclusive, como o famoso resort Salinas de Maragogi.



Maragogi conta com várias empresas e agências de receptivo que fazem passeios pelas atrações da região.

Quer ir num esquema totalmente independente sem contratar passeios? Se você estiver de carro, ou alugar um veículo, vai poder curtir uma série de praias com independência, apenas colocando os nomes no GPS e chegando fácil. Mas vai precisar pelo menos contratar os passeios se quiser chegar até as piscinas naturais.

Quer ir num esquema totalmente independente sem carro?
Bom, a praia da vila principal não é tão bonita e você não vai querer perder os atrativos de Maragogi, que estão espalhados pela região.

Então, considere contratar um passeio de buggy. Mas se for mesmo ficar na vila principal ou hospedado por ali, fique tranquilo: da praia da vila principal também saem passeios para as piscinas naturais.


Também existem vans que fazem percursos pelas praias a partir do centro de Maragogi.
Do centrinho de Maragogi saem vans que passam pelas praias. Funcionam como transporte público e as passagens custam em torno de R$ 5 por pessoa.

É bom saber que as essas conduções nem sempre passam em frente ao mar. Às vezes será necessário caminhar do ponto de descida uns dez minutos para chegar até a areia.

O famoso passeio de Buggy



Se você decidir contratar um passeio de buggy? Será possível conhecer várias praias num mesmo dia. Num buggy cabem 4 pessoas e o passeio de um dia fica em torno de R$ 300. Boa ideia para famílias quanto para amigos que racham o valor do passeio.
Passeios de buggy podem ser contratados facilmente. Há várias agências, pousadas e bugueiros que oferecem este tipo de serviço por lá. Antes de fechar negócio, é recomendável combinar: preço, horário de saída, duração do passeio, praias que quer visitar e tempo de parada

Conheça as atrações turísticas de  Maragogi e prepare sua visitação

Santuário do Peixe Boi

Fica em Porto de Pedras, na localidade de Tatuamunha. É uma área de visitação para turismo de observação dentro da Zona de Conservação da Vida Marinha.

Lá você vai conhecer o peixe-boi, a estrela de Porto de Pedras, carismático e dócil mamífero marinho de cerca de 300 quilos que nada por essas águas e pelo rio Tatuamunha, que corre pela região. Está ameaçado de extinção.

Existem somente 500 na costa brasileira. Os que passam por aqui são cuidados e monitorados  pelo pessoal do Projeto Peixe-Boi de Alagoas. De Maragogi é possível partir em um passeio de bugue pela costa até Porto de Pedras para conhecer o bicho de perto.

Buggy saem da praia em frente ao Salinas Resort e seguem até Japaratinga, onde se toma um balsa até Porto de Pedras. De lá, uma trilha fácil com pontes estreitas passando sobre rios atravessa um exuberante manguezal.

Quinze minutos depois, chega o momento de subir em uma jangada e seguir pelo rio Tatuamunha para chegar onde os peixes-boi estão. Mas em silêncio: eles gostam dos turistas e algumas vezes aparecem apenas por segundos na superfície, mas se assustam facilmente e podem se afastar.

Não raro, dão o ar da graça com o focinho na jangada. O trabalho desenvolvido pelo Projeto Peixe-Boi de Alagoasvai muito além do turismo de observação.

Criado há cerca de dez anos, existe para proteger o animal da visitação desordenada e dos perigos da caça predatória. Neste verdadeiro santuário, eles são tratados e finalmente soltos depois que um chip é implantado para acompanhá-los em suas viagens pelo litoral brasileiro afora.

A associação se mantém com a renda dos passeios para contemplação do peixe-boi, mensalidades de associados e venda de souvenirs. É possível fazer essa visitação como um  bate-volta a partir de Maragogi. Está aberto todos os dias, mas é necessário o agendamento. Facilita muito contratar uma agência para cuidar de todo o passeio. Uma que tem bastante experiência nessa atração é a Patacho Receptivo.

Galés, Taocas E Piscinas Naturais De Barra Grande

São os arrecifes onde se formam as cristalinas piscinas naturais de Maragogi, onde dá para nadar entre os peixinhos e até bater foto embaixo d ́água. São a atração principal de Maragogi e um dos passeios imperdíveis em Alagoas.

O passeio não está incluído nas diária de grandes resorts, mas normalmente esses lugares já têm toda a estrutura organizada para colocar os turistas num passeio até as piscinas naturais.

Para quem está hospedado fora deles, há agências que fazem o passeio. Também há vendedores de passeios na praia central, na praia que fica em frente ao resort Salinas e na Praia de Barra Grande. Quanto custa: calcule entre R $75 e R $120 por pessoa.


* Caso você não tenha snorkel, pode alugar um por cerca de R $15.

** Em alguns passeios de barco há oferta de mergulho com cilindro (cerca de R$ 100) e sessão fotográfica (cerca de R $60).

*** A diferença entre Galés, Taocas e Piscinas Naturais de Barra Grande: são todas piscinas naturais. O que as diferencia é a localização. As Galés são as mais famosas.



CAMINHO DE MOISÉS

É um banco de areia que avança da praia até as piscinas naturais da Praia de Barra Grande. Ganhou esse apelido porque forma um caminho pelo qual se pode andar a pé quando o mar abre passagem por ali durante a maré baixa. 

@maceioalagoasoficial

Caminho de Moises #nordeste #maragogi #alagoas

♬ Good Days – SZA

O Caminho de Moisés é uma das principais atrações turísticas de Maragogi. Quem escolhe visitar as piscinas naturais de Barra Grande já pode aproveitar e conhecer as duas atrações num mesmo passeio.

Só é preciso lembrar que nem sempre o Caminho de Moisés está lá devido ao movimento da maré, que é bem baixa nos primeiros momentos da manhã. Evite fazer o caminho sem conhecer o comportamento da maré.

            MIRANTE DO CRUZEIRO_Fica dentro de uma pousada, que cobra um ingresso simbólico para visitação e descortina uma linda vista sobre Maragogi.

            PASSEIO DE BIKE AQUÁTICA_Opção super legal para curtir o mar, as bicicletas com bóias são bem tranquilas de manusear e não exigem muito esforço. O aluguel está disponível na Praia da Barra Grande (R$ 40) e na Ponta do Mangue (R$ 30) para 30 minutos.

Uma dica bacana é que a bike aquática pode ser uma opção de chegada nas piscinas, naturais, mas atenção: como o lugar é uma área protegida (APA), só dá pra fazer isso com acompanhamento dos guias autorizados que acompanham quem adquire a Expedição de Bike Aquática (R$ 120 por 2 horas). Esse é um dos passeios mais disputados de Maragogi. E tem que chegar bem cedinho por causa da maré baixa.



As praias de Maragogi


Praia de Burgalhau

Perto da vila principal, a cerca de 4 km, tem coqueiros, mar verde e transparente,  barraquinhas à beira-mar. Dali também sai passeio de bugue pelas areias e passeio com banana boat. Nessa praia tem um ponto de apoio, que é o day-use do Pontal do Maragogi a R$ 30 oferecendo uma estrutura completa: redário, fraldário, piscina para adultos e crianças, restaurante, bares, chuveiros, banheiros climatizados, cafeteria e lojinhas.

o Pontal do Maragogi, além do day-use oferece passeios de catamarã às piscinas naturais. Na praia do Burgalhau tem restaurante self-service, mas o valores podem ser um pouco mais altos que os restaurantes mais afastados da praia.
Como chegar: de carro, em 10 minutos da vila principal; se for andando, cerca de 4 km.


Praia de Barra Grande

É onde fica o Caminho de Moisés, uma extensão de areia que surge na maré baixa bem no meio do mar. O espetáculo natural é um caminho de que sai da beira da água, na praia, e segue por alguns quilômetros mar adentro. Só é preciso lembrar que o Caminho de Moisés some dependendo do movimento da maré.

Então, um cuidado lá é evitar fazer o caminho sem conhecer o comportamento da maré.  A Praia de Barra Grande também tem piscinas naturais e para visitá-las há passeios organizados. É boa para quem quer passar o dia com conforto. Conta com barraquinhas e restaurantes pé na areia.
Como chegar: 12 minutos de carro a partir do centro.
Quanto custa: não se cobra para estacionar nas ruas de Barra Grande. 

Xaréu_Recebe menos turistas porque seu acesso não é facilitado, ou seja, não há acesso para carros. Mas é uma oportunidade de estar num lugar super tranquilo.
Como chegar:  caminhando a partir da Praia de Antunes ou da Ponta do Mangue.

Praia do Antunes_Uma das praias bonitas de Maragogi e mais selvagem. Normalmente deserta, tem uma extensa faixa de coqueiros. Moradores oferecem petiscos, mas é recomendável ir preparado se quiser passar o dia lá. 
Como chegar: de carro em cerca de 15 minutos do centro de Maragogi.
Quanto custa: estacionamento cerca de R$ 15.

@maceioalagoasoficial

Praia de Barra Grande – Maragogi #alagoas

♬ Buss It – Erica Banks


Praia Ponta do Mangue_Perto do centro, é tranquila e tem trechos com quiosques. Reúne tudo de bom de Maragogi. Mar verde-azulado, coqueiros, recifes e piscinas naturais.
Como chegar: em 15 minutos de carro.

Praia Peroba
_Quase na divisa com o Estado de Pernambuco é uma das praias mais vazias de Maragogi. Como chegar: de carro em cerca de 20 minutos.



Experiências gastronômicas em Maragogi

A culinária alagoana também faz parte das experiências de viagem em Maragogi. O destino conta tanto com restaurantes requintados quanto com estabelecimentos com preço acessível para fazer uma bela refeição com pratos e ingredientes típicos da região.

Também faz parte da gastronomia local o bolo de goma, um biscoito semelhante ao sequilho, mas feito com farinha de mandioca e leite de coco.

A guloseima é facilmente encontrada em vários estabelecimentos de Maragogi, mas em alguns passeios de bugue está incluída a visita às casas onde se faz bolo de goma.

Há diversos restaurantes no centro, além daqueles situados em pousada e alguns restaurantes pé na areia, com porções fartas e jeito de refeição de praia.

Entre os restaurantes mais conhecidos e preferidos pelos turistas estão o Restaurante Casa da Praia, na Praia de Barra Grande, que tem diversos ambientes, além de estrutura para atender quem está na praia e o Meraki Beach. A maioria dos pratos no destino serve duas pessoas e começam com preços em torno de R$ 90.

Para quem cansou de frutos do mar, o Tua Casa Hamburgueria e Petiscaria serve hambúrgueres artesanais  e molhos especiais da casa. Fica à beira-mar, na Praia Ponta do Mangue, e funciona também como bar com um extenso cardápio de drinques. 

Para um lanche rápido e simples, a Tapiocaria da Martha é famosa por seus recheios.

Marragogi tem lado ruim?

Claro, todo lugar tem seus pontos de atenção.
Para dar voz a todo mundo segue alguem que não curtiu tanto assim.

Boa parte do que ele passou eu tambem passei, e eu fui em dezembro.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »