Guarujá renova oferta turística na fase emergencial

Éden
Praias,

Guarujá renova oferta turística na fase emergencial

Recentemente Guarujá renovou oferta turística na fase emergencial, mas de maneira adaptada levando em conta o momento delicado que estamos vivendo.

Além disso, todas as novas decisões foram tomadas de acordo com as restrições impostas pelo governador João Doria, buscando assim estabelecer um comum acordo em relação as mesmas.

Hoje, vamos trazer maiores notícia sobre essa renovação de oferta e também falaremos sobre onde fica, como chegar e o que fazer em Guarujá.

Portanto, caso quiser saber mais sobre a renovação da oferta turística em Guarujá e maiores detalhes sobre a cidade, acompanhe-nos até o final de nosso conteúdo e deixe um comentário caso possuir alguma dúvida. Vamos lá, leia conosco!

Onde fica Guarujá?

Onde Fica Guarujá
Onde fica Guarujá?

Guarujá é uma cidade litorânea localizada no estado de São Paulo e que fica muito perto da capital, assim, torna-se um verdadeiro refúgio para quem busca sair do centro caótico paulista.

Como chegar em Guarujá?

Como Chegar Em Guarujá
Como chegar em Guarujá?

Como chegar em Guarujá? É fácil, basta escolher alguma das 27 praias localizadas na costa da cidade para dse deliciar, é uma melhor do que a outra.

Aqui em nosso site já trouxemos uma publicação exclusiva sobre as 27 praias do Guarujá, dê uma lida em nosso guia e escolha a sua preferida.

Atualmente, você tem 4 opções principais de como chegar em Guarujá, são elas: avião, ônibus, carro e balsa. Leia como utilizar cada uma dessas formas logo abaixo:

Avião

O aeroporto mais próximo da cidade é o de Congonhas, em São Paulo. Mas também é possível ir até o Rio de Janeiro de avião e de lá alugar um carro ou pegar um ônibus em uma viagem (de carro) de aproximadamente 6h30min.

Carro

Por São Paulo, o acesso é feito pela Anchieta/Imigrantes e a Cônego Rangoni. Já pelo Rio de Janeiro, a estrada que leva ao Guarujá é a Rio Santos.

Ônibus

Saindo do Rio de Janeiro: A viagem de longa duração é realizada pela empresa Util, e o ônibus mais rápido demora cerca de 11 horas para concluir o trajeto. Ele passa por todo litoral norte de São Paulo, fazendo diversas paradas pelo caminho. A passagem custa em torno de R$100.

Saindo de São Paulo: o ônibus parte da rodoviária do Jabaquara, na zona sul de São Paulo, e demora cerca de 1h20min para chegar no Guarujá. A passagem custa R$35, tendo duas companhias que realizam essa rota.

Saindo de Santos/Cubatão/São Vicente: diversos ônibus fazem o caminho, mas apenas até a balsa. Uma dica é usar o app Moovit, que te indica qual ônibus pegar a partir de onde você está. Pedestres e ciclistas não pagam para atravessar até o Guarujá.

Empresas como a Litorânea, Normandy e Itapemirim possuem ônibus que fazem o caminho saindo de diferentes capitais do país.

Balsa

Tanto em Santo como em Bertioga, o tempo de espera entre uma embarcação e outra é o de 15 minutos, funcionando 24 horas por dia e a taxa por carro para entrar na balsa é a de R$11,90.

Agora, leia sobre a renovação da oferta turística em Guarujá logo após as medidas restritivas tomadas pelo governo do estado.

Guarujá renova oferta turística na fase emergencial

Praias Do Guarujá
Praias do Guarujá

Foi realizada, em Guarujá, a primeira reunião do Grupo de Trabalho que acompanha os estudos de Ordenamento Turístico e Capacidade de Carga das Praias da Área de Proteção Ambiental da Serra do Guararu (APA Serra do Guararu) no destino. Isso se deu no momento em que o governador de São Paulo, João Doria, anunciava a implantação da Fase Emergencial do Plano SP, na semana passada, com aumento das restrições em 14 atividades.

O projeto, desenvolvido pela Fundação Vanzolini e coordenado por professores da Universidade Federal de São Paulo, conta com acompanhamento de titulares do Conselho Gestor da APA – o que confere ao estudo importante caráter participativo.

“Envolver a população residente garante adoção de boas práticas e o bem receber dos veranistas e turistas”, afirma Maria Laudenir de Oliveira, a Lau, presidente do Guarujá Convention and Visitors Bureau – Visite Guarujá.

Guaiúba
Praia da Guaiúba

Primeira fase do projeto

A primeira fase do projeto oferece o diagnóstico das praias da APA e suas vias de acesso; aspectos importantes da cidade, que precisam de instrumentos de gestão e ferramentas que auxiliem nas tomadas de decisão sobre a proteção dos ecossistemas, dos patrimônios culturais e arqueológicos e da comunidade que compõem a região.

“Fortalecer, ainda mais, a gestão e a proteção da nossa importante Unidade de Conservação consolida a vocação de Guarujá como destino atrativo a diferentes nichos de mercado quem compõem o segmento do ecoturismo”, avalia Fábio Santos, secretário de Turismo do município.

De acordo com o cronograma da Secretaria de Meio Ambiente, na segunda etapa serão analisadas e escolhidas as metodologias de Capacidade de Carga de Praia a serem utilizadas. Objetivo: identificar o cenário mais adequado para que o turismo nas praias seja realizado de forma harmoniosa e sustentável, “respeitando os limites que cada local consegue suportar de turistas”, resume Sidnei Aranha, secretário de Meio Ambiente.

“O momento é de planejar e renovar a oferta turística, com foco no Ecoturismo, que é capaz de contribuir com a quebra da sazonalidade da demanda. E de elevar, cada vez mais, perfil e tempo de permanência dos turistas que nos visitam em busca de Sol e Praia”, conclui Lau.

Bueno
Praia do Bueno

E então, o que achou das medidas tomadas pelo governo do estado e do setor turístico para se adaptar a situação no geral? Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Translate »