Turismo Capitais Manaus Teatro Amazonas

Turismo nas capitais brasileiras: Conheça Manaus!

O Brasil é um país de dimensões continentais! De tão grande, você sabia que ele é o quinto maior país do mundo? Todo esse tamanho é dividido em 27 estados, e cada um desses estados possui sua própria capital! Aqui, recomendamos o turismo nas capitais porque é a oportunidade de conhecer uma enorme diversidade cultural espalhada por todo o país! Além disso, as capitais oferecem melhore infraestruturas de hotéis, bares e restaurantes, além das opções turísticas!

Hoje, recomendamos a cidade de Manaus! Quer saber o fazer nessa cidade que está no coração da Amazônia? Siga nossas dicas abaixo!

Turismo Capitais Manaus
Turismo Capitais Manaus

História

Manaus foi criada no século XVII para demonstrar a presença lusitana e fixar domínio português na região amazônica, que na época já era considerada posição estratégica em território brasileiro. O núcleo urbano, localizado à margem esquerda do Rio Negro, teve início com a construção do Forte da Barra de São José, idealizado pelo capitão de artilharia, Francisco da Mota Falcão, em 1669, data que foi convencionada a usar como o nascimento da cidade.


A Amazônia, de posse espanhola pelo Tratado de Tordesilhas, em 1494, manteve-se inexplorada até o século XVI, quando se tornou alvo de interesse de holandeses, franceses, ingleses, irlandeses e, principalmente, de portugueses, que saíram em 25 de dezembro de 1615 de São Luís do Maranhão e chegaram ao Pará, onde em 1616, instalaram na baía do Guajará o Forte do Presépio, nome que fazia referência ao dia da saída do Maranhão.


Desta forma, ocuparam a hoje cidade de Belém e a denominaram de Santa Maria de Belém, cuja função era controlar toda a região da bacia amazônica e ocupar as terras de propriedade espanhola. O Estado do Grão-Pará e Maranhão, criado em 31 de junho de 1751, pelo Marquês de Pombal, com sede em Belém, tinha o objetivo de demarcar as fronteiras portuguesas, efetivando o acordo feito com a coroa espanhola em 1750, o Tratado de Madri. Que diferentemente do Tratado de Tordesilhas, que dividia o hoje território brasileiro, fundamentava-se no princípio jurídico de uti possidetis, em que “cada parte há de ficar com o que atualmente possui”.


Ao redor do Forte de São José do Rio Negro se desenvolveu o povoado do Lugar da Barra, que por conta da sua posição geográfica passou a ser sede da Comarca do São José do Rio Negro. Em 1755, por meio de Carta régia, a antiga missão de Mariuá foi escolhida como capital, passando a se chamar vila de Barcelos, anos mais tarde a sede foi transferida para o Lugar da Barra, que em 1832 tornou-se Vila da Barra, e em 24 de outubro de 1848, a Cidade da Barra de São José do Rio Negro. No entanto, com a elevação da Comarca à categoria de Província, em 1850, a Cidade da Barra, passou a se chamar em 04 de setembro de 1856, Cidade de Manaus, tornando-se independente do Estado do Grão-Pará.

O nome lembra a tribo indígena dos Manáos, que habitavam a região onde hoje é Manaus antes de serem extintos por conta da civilização portuguesa, e seu significado é “mãe dos deuses”.
A partir de 1870, Manaus viveu o surto da economia gomífera, encerrando-se em 1913, em virtude da perda do mercado mundial para a borracha asiática, fazendo com que a cidade retornasse a um novo período de isolamento até o advento da Zona Franca de Manaus, em 1970.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Barra do Rio Negro, em 1695.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Barra do Rio Negro, em 1790, quando foi elevada à categoria de sede da antiga Capitania do Rio Negro.
Só em 1791, era sede da Capitania transferida de Barcelos para o Lugar da Barra, voltando a Barcelos em 1799.
Em 1894, Barra foi restaurada, mas a sede voltou só voltou para ali no dia 29-03-1808.
Elevada à condição de cidade com a denominação de Barra do Rio Negro, pela Lei Provincial do Pará n.º 145, de 24-10-1848.
A Lei Provincial n.º 582, de 05-09-1850, criou a província do Amazonas, cuja instalação em 01-01-1852.
Em virtude da Lei Provincial n.º 68, de 04-09-1856, o município de Barra do Rio Negro passou a denominar-se Manaus.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é capital do Estado do Amazonas e se compõe de 3 distritos: Manaus, Remédios e Tauapessassu.
Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 176, de 01-12-1938, foram criados os distritos de Airão e Careiro e anexados ao município de Manaus.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído pelo distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Pela Lei Estadual n.º 99, de 19-12-1955, é desmembrado do município de Manaus os distritos de Airão e Careiro, elevando-os à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Cidade de Manaus

O que fazer na cidade de Manaus?

A cidade de Manaus oferece muitas opções turísticas para aqueles que estão de passagem pela cidade. Para quem quer fugir um pouco do calor há algumas opções de praias à beira do rio, entre elas recomendamos: Praia da Ponta Negra, Praia da Lua e Praia Dourada. Além disso, a visita ao Centro Histórico, ao Teatro Amazonas e ao Museu da Amazônia também valem a pena para quem quer descobrir a cultura local!

As principais atrações na região são os passeios, e dentre eles há opções de pesca de piranhas, nado com os botos e a visitação à aldeias indígenas e à casa de caboclos. Todos esses passeios devem ser organizados por equipes de turismo, empresas e pessoal especializado!

Assim, você poderá garantir conforto e segurança durante sua estadia. Outras dicas para quem quer descobrir a cidade de forma independente são o Mercado Municipal Adolpho Lisboa, a Praça São Sebastião, o Museu do Seringal Vila Paraíso e as próprias praias!

Outras experiências que você poderá aproveitar na cidade são as trilhas pela Amazônia.

Há passeios turísticos que incluem rotas na mata, com opção de observação de animais e árvores e plantas! Além disso, há pacotes que incluem estadias em hotéis dentro da floresta, ou mesmo em campings para aqueles mais aventureiros! Não deixe de aproveitar as belezas naturais que a cidade oferece!

Outra opção que não pode estar de fora do seu roteiro é o encontro das águas do Rio Solimõe e do Rio Negro que juntos, formam o Rio Amazonas! Trata-se de um marco para todo o país e oferecem um visual de natureza impressionantes!

Curiosidades sobre a capitla do Amazonas

Manaus é a capital do estado do Amazonas e por essa razão, está localizada na região Norte do país. Por sua localização é uma região com altas temperaturas durante todo o ano e principalmente no verão! Além disso, é grande e intenso o volume de chuvas na cidade! Muita das vezes, as chuvas são diárias e não há como escapar! A rotina de chuvas já virou costume para os moradores que muitas das vezes organizam seus compromissos para antes ou depois da chuva!

Mas não se desanime! Manaus ainda é uma cidade que vale a pena a visita! Um grande fator atrativo é a culinária local! Assim, se você estiver de passagem não deixe de experimentar os mais diferentes pratos locais que incluem muitas influências indígenas e as principais opções são: Prato no Tucupi, Tacacá, Tucupi, Tucunaré e costela de tambaqui. Além disso, há muitas frutas locais que você poderá aproveitar de diferentes formas, entre elas: O açaí, o guaraná e o cupuaçu! As delícias da Amazônia possuem um sabor inigualável e valem a pena a experiência!

Como chegar a Manaus?

A cidade de Manaus possui um importante aeroporto, um dos mais movimentados do país! Entretanto, todo o volume de voos decorre da movimentação de cargas e não tanto de pessoas. Ainda assim, pela distancia do local das demais regiões do país e, pela falta de segurança nas estradas os voos são as melhores opções para quem quer chegar na cidade. Além disso, para outras pessoas que viajam desde a região norte ou nordeste é também possível realizar viagens de barcos de alguns dias! Boa viagem!

O quanto foi útil este post?

Clique em uma estrela para avaliar!

Classificação média 5 / 5. Contagem de votos: 1

Sem votos até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *