VIAGENS RELIGIOSAS: Catedral da Sé de São Paulo

A cidade de São Paulo é a maior metrópole da América Latina, e trata-se de uma cidade com grande concentração de prédios, edifícios e demais edificações de caráter urbano. Em todo este mar cinza, a cidade apresenta ainda diversas opções de igrejas a serem visitadas.

Dentre estas igrejas, a Catedral da Sé é um destino turístico de visitantes da cidade bem como para devotos da religião católica. A catedral é a maior igreja de São Paulo e por essa razão, é muito visitada, pois, além disso, oferece exuberante arquitetura e estilos únicos. Deseja saber mais sobre a igreja da Catedral da Sé? Pois siga as dicas selecionadas abaixo sobre a construção e instruções para visitação! 

Catedral da Sé de São Paulo

A Catedral está situada bem no coração da cidade de São Paulo, em seu centro histórico e urbano e, próxima à estação de metrô da Sé. A estrutura da Catedral impõe-se na cidade sendo a igreja mais importante da capital. Além de sua nave principal, torres e abóboda, a igreja ainda apresenta uma cripta, um espaço recluso e menor. Esta cripta está sob o altar como uma capela subterrânea, onde estão enterrados líderes religiosos importantes para o catolicismo paulistano.

Assim, além de seu estilo imponente, a catedral ainda apresenta diversas curiosidades que despertam a atenção de turistas e visitantes. Assim, em virtude de sua importância histórica, artística, cultural e turística, a Catedral está em processo de tombamento pelo CONDEPHAAT.

Curiosidades sobre a Catedral

A Catedral da Sé é um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo. O estilo é de origem inglesa e é complementado pela Cúpula da Catedral que é de estilo renascentista. Assim, o estilo retoma clássicos do século XVIII europeu em ilustração gótica e medieval. Além da cripta, outro fator que em muito chama a atenção no interior da Catedral é seu órgão de tubos em estilo neogótico italiano.

Além disso, enquanto diferencial artístico brasileiro, a igreja apresenta em seu interior retratos em pintura de diversos animais da fauna brasileira, como  tatus, tucanos e lagartos ornamentados nas esquinas do teto do edifícios principal. Ademais, a Catedral apresenta ainda importante coleção de vitrais e de outras Artes Sacras e espaços internos separados como a própria Cripta, o Salão do Piano, o Salão do Órgão, o Coro e a Sala Monsenhor Silvio.

Visitação à Catedral da Sé

Aos que desejam conhecer o espaço da cripta, há a opção de um tour pago no qual é possível conhecer o local em que bispos e arcebispos estão enterrados. Para esta visitação, o horário é variável, estando aberta às segundas de 09h às 11h30 e de 13h às 16h30; Nas terças, quartas e quintas-feiras, o horário para visitação da cripta é de 09h30 às 16h30; Nas sextas-feiras o horário disponível é o de 10h às 16h30, aos sábados de 09h às 15h30 e domingos, de 12h30 às 15h30. 

A visitação normal ao interior da igreja é gratuita e ocorre de segunda à sexta, das 08h às 19h00, aos sábados das 08h às 17h00 e aos domingos de 08h às 13h00. Além disso, a Catedral oferece missas diárias, com horários que você poderá consultar junto ao site oficial da arquidiocese.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Destaques